O que é e para que serve o Exame Toxicológico?
O Exame Toxicológico detecta traços de substâncias tóxicas no indivíduo por um período de até 90 dias após seu consumo. Ele serve para melhorar a segurança no trânsito, já que inibe o uso de tóxicos que comprometem a capacidade ao volante.

Quem é legalmente obrigado a fazer o Exame Toxicológico?
O Exame Toxicológico é obrigatório para motoristas das categorias C, D e E (ônibus e caminhões), assim como nos procedimentos admissionais e demissionais de determinadas funções que exigem CNH.

Quais substâncias o Exame Toxicológico detecta?
O Exame Toxicológico detecta o uso de maconha, cocaína, crack, heroína, anfetaminas, metanfetaminas, morfina e ecstasy, assim como suas variedades.
   
Quando o Exame Toxicológico deve ser feito?
O Exame Toxicológico é exigido a cada 30 meses e sempre na habilitação e na renovação da CNH das categorias C, D e E (ônibus e caminhões), assim como na pré-admissão e no desligamento de motoristas profissionais em geral contratados pela CLT. Ele também pode ser solicitado para ingresso após concursos públicos.
   
O que diz a nova lei do Toxicológico?
A nova lei do Toxicológico determina que todo motorista das categorias C, D e E deve realizar o exame a cada 30 meses (2 anos e meio), independente da data da renovação da CNH. Atrasos geram multa de R$ 1.467,35 e suspensão da carteira por três meses.

Como funciona o Exame Toxicológico?
O Exame Toxicológico pesquisa traços das substâncias tóxicas acumuladas na queratina, uma substância presente nos pelos. Por isso é feito a partir de uma amostra de cabelos ou pelos do corpo, atingindo sensibilidade superior ao exame de sangue ou urina. 
 
Onde fazer o Exame Toxicológico?
O Exame Toxicológico é feito exclusivamente por laboratórios credenciados.